Joana Guerra abre Hortus Musicalis em Coimbra

Joana GuerraNa próxima sexta-feira, dia 6 de julho,a cantora e violoncelista Joana Guerra abre o ciclo de concertos Hortus Musicalis, no Jardim Botânico da Universidade de Coimbra (JBUC). O espetáculo tem início às 18.30 horas.

Este é o primeiro de seis concertos do ciclo, sempre à sexta-feira, que seguem a passagem do dia solar - manhã, início de tarde e início da noite - e que irão decorrer em vários espaços do Jardim Botânico da UC. O ponto de encontro é no Portão dos Arcos. A entrada é livre.

Joana Guerra tem um percurso entre a improvisação e a composição. Ela consegue a união iluminada entre a canção e a eletroacústica que estabelece em 'Cavalos Vapor' – segundo disco a solo, com edição de Revolve, de novembro de 2016 – um tratado de encanto, com canções impressionistas e experimentais, alinhadas pela hipnose do violoncelo, que se revelam em camadas de luz sobre as quais paira uma voz em chamamento onírico.

É das intérpretes mais transversais no universo nacional e com uma presença consistente, não só a solo, mas também no teatro, na dança ou na colaboração intensa com os nomes mais relevantes da cena de improvisação livre.

Hortus Musicalis prossegue no dia 13 de julho, às 13h, com os Lavoisier e dia 20, às 9.30 h, com Pedro Melo Alves.

A iniciativa, que tem a colaboração do Jazz ao Centro Clube, regressa em setembro, no dia 14, às 9.30.h, com Marcelo dos Reis e Angélica Salvi, dia 21 com Adriana Sá e John Klima, às 13h, e termina dia 28 com o gambiano Mbye Ebrima, às 19h.

UC/cyberjornal, 4 julho 2018

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!