D. Mona apresenta "Não Kahlo" em Portugal e Espanha

NaoKahlo D Mona

 

O espectáculo  inspirado na vida, obra e sonhos da pintora mexicana Frida Kahlo, "Não Kahlo", que estreou este mês de Maio, no Centro Cultural Malaposta e integra a programação das Festas de Lisboa'18, vai também ser apresentado em Madrid e tem estreia marcada para Julho na capital da vizinha Espanha, inserido no III Ciclo de Teatro Argentino.

NaoKahlo"Não Kahlo" é um espectáculo das produções D. Mona que parte da noção de «conto-sonho», do universo non-sense e do mundo onírico criado por Lewis Carrol em Alice no País das Maravilhas, recriando Alice não como uma sucessão de eventos, mas como uma história que mergulha no universo surrealista, do realismo mágico latino-americano, biográfico e artístico da pintora mexicana Frida Kahlo. A apresentação é multilingue (falado em espanhol, português, inglês e francês).

A peça dramatiza a história de vida da pintora Frida Kahlo, a sua relação tumultuosa com Diego Rivera, a bissexualidade e as relações extra-conjugais, as múltiplas fracturas na coluna, os abortos, as 35 cirurgias e a amputação da perna, mas também o carisma e a força da mulher que nunca desistiu tendo-se tornado numa das principais figuras que projectou o cenário das artes latino-americanas para o mundo.

_

DRAMÉDIA

NÃO KAHLO

m/12

Inserido nasFESTAS DE LISBOA'18

ENTRADA LIVRE (Mediante reserva antecipada) 

*23 de Junho de 2018 –EKA Palace – 21h30 (Xabregas, Lisboa)

Informação e reservas:   Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

*27 de Junho de 2018 Casa do Coreto – 21h30 (Carnide, Lisboa)

Informação e reservas:  

​​

A OBRA:

Não Kahlo é canibalista. Comeu a orelha direita de Van Gogh.

Não Kahlo é cleptomaníaca. Roubou as rosas de Santa Isabel para adornar os cabelos de Frida.

Não Kahlo é contra-hegemónica. Arrancou o bigode de Dali para fazer a peruca de Barloff.

Não Kahlo é inconformada. Abriu a vala de Shakespeare para desenterrar a caveira de Yorick.

Não Kahlo é amante. As suas criações são exercícios espirituais.

Não Kahlo é iconoclasta. Subtraiu um prego à cruz e pregou-o na lista telefónica.

Não Kahlo é a acção de se desdobrar em infinitas mulheres.

Não Kahlo está de esperanças e quer parir um tigre que devore Shakespeare, Brecht, Van Gogh, Artaud, Cicciolina, Rivera, Abu-lughod, Heiner Müller, Monet, Foucault, Fassbinder, Ed Wood, Gauguin, Stanislavski, Beckett, Frida, Cesariny, Beethoven, Fernando Pessoa e mais os planetas desertos, que também mandam coisas, para os digerir e cuspir na caixa preta.

FICHA ARTÍSTICA:

PRODUÇÃO

D. Mona

TEXTO, ENCENAÇÃO E CENOGRAFIA

Mónica Kahlo e Sílvia Raposo

INTERPRETAÇÃO

Mónica Kahlo

Sílvia Raposo

Margarida Camacho

Anabela Pires

GUARDA-ROUPA

Helena Raposo

GRAFISMO

Sílvia Raposo

APOIO TÉCNICO

Pedro Milo

 

 

AGENDA 2018

4, 5 e 6 de maio 2018 - Centro Cultural Malaposta

16 de Maio 2018 – Centro Cultural de Cascais (integrado na Noite Europeia dos Museus)

23 de Junho de 2018 - (Ensaio aberto) EKA Palace (inserido nas Festas de Lisboa'18)

27 de Junho de 2018 - Casa do Coreto (inserido nas Festas de Lisboa'18)

01 de Julho de 2018 - Teatro Bernardim Ribeiro, Estremoz.

05 de Julho de 2018 – Festival Internacional Clown & Cabaret, Madrid

06 e 07 de Julho de 2018 – III Ciclo de Teatro Argentino, Lavapiés, Madrid

14 de Julho 2018 - Auditório da Biblioteca Municipal de Tomar (espectáculo de beneficência a reverter para o CIRE)

29 de Setembro 2018 - Auditório Municipal Beatriz Costa

18 a 21 Outubro de 2018 - Casa do Coreto

12 de Outubro de 2018 - Casa das Artes do Porto

13 de Outubro de 2018 - Montalegre

3 e 4 de Novembro 2018 - Auditório Costa da Caparica

10 de Dezembro 2918 - Leiria

D. Mona é uma cooperativa teatral, criada pela encenadora e actriz Mónica Kahlo e pela antropóloga e investigadora Sílvia Raposo, reivindicando um espaço de reflexão e experimentação artísticas. Mónica Kahlo e Sílvia Raposo são doutorandas em artes performativas e trabalham como criadoras desde 2014.

 

 

Fotos de Sofia Fotografias cedidas pela produção

 

 

 

cyberjornal, 30 Maio 2018

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!