A história do Compasso ou o compasso da História ( 9 ) - O Rito Escocês Antigo e Aceito ( parte 2 )

macon2cyPor: H.D.

A iniciação do candidato é o principio dum longo caminho . Sigamos toda esta linha simbólica duma

Iniciação : A venda nos olhos do candidato tem o significado das trevas e os preconceitos do mundo profano, mostram, também, a necessidade que o ser humano tem de procurar a luz entre os iniciados. O pé descalço simboliza o respeito ao entrar no Templo, que ao provocar uma marcha dificil , tenta mostrar o dificil caminho do candidato, rumo á luz. O braço e o peito desnudados significam que o candidato dará o seu braço em defesa da Ordem e o seu coração a todos os seus Irmãos.

Eis alguns exemplos dos simbolos que são extremamente importantes na iniciação . A Maçonaria combate a ignorância, em todas as suas formas, porque a ignorância é a mãe de todos os vícios e o seu princípio é nada saber,saber mal o que se sabe e saber coisas outras além do que deveria saber. Não pode, o ignorante, medir‐se com o sábio, cujos princípios são a tolerância, o amor e o respeito a si próprio. A Maçonaria combate o fanatismo, porque a exaltação religiosa perverte a razão e leva os insensatos à prática de ações condenáveis, em nome de Deus e sob o pretexto de honrá‐lo. O fanatismo é uma doença mental, desgraçadamente contagiosa, A solidariedade, que deve existir entre os Maçons, é a mais pura e fraternal, mas deve ser restrita aos que praticam o bem e sofrem os espinhos da vida. Onde houver uma causa justa, aí deverá estar presente a solidariedade maçónica. A Maçonaria combate a escravidão, porque todo o ser humano é livre, podendo, porém, estar sujeito a entraves sociais, que o privem momentaneamente, de uma parte de sua liberdade e  o que é pior , que o escravizem das suas próprias paixões e de seus preconceitos. É desse jugo, exactamente que se deve libertar o candidato à luz maçónica, O verdadeiro iniciado, tem o dever de acudir em auxílio a todos os que ele julgar iniciáveis. Daqueles que, se revoltam‐se contra as tiranias e as arbitrariedades . A Maçonaria nasceu e fortificou‐se para enfrentar sem medos todos os males que enfraquecem o ser humano. O nome Rito Escocês Antigo e Aceito foi anunciado ao mundo maçónico depois da criação do primeiro Supremo Conselho em Charleston,nos Estados Unidos, em 31 de maio de 1801. Em 4 de dezembro de 1802, uma circular levou ao conhecimento dos maçons, principalmente europeus, a criação do Conselho‐Mãe em Charleston, na Carolina do Sul, denominado Supremo Conselho dos Soberanos Grandes Inspectores Gerais, 33º e último Grau do Rito Escocês Antigo e Aceito. Ainda antes de 1801, tinha sido fundado pelo Conde de Grasse‐Tilly, um Supremo Conselho nas Índias Ocidentais Francesas, com 33 graus. Entretanto, esse Supremo Conselho foi ignorado e abafado pelo Supremo Conselho norte‐americano, que conseguiu ser reconhecido como o Supremo Conselho‐Mãe do Mundo.   Nos três primeiros anos de vida do Supremo Conselho norte americano, o Rito Escocês Antigo e Aceito permaneceu sem ritual próprio. Os Altos Graus funcionaram com os Graus de Perfeição do Rito de Heredom, acrescentados dos oito novos graus que totalizavam os 33. Os novos graus não eram Iniciáticos e ganharam conteúdo mais administrativo que litúrgico. Os Graus Simbólicos, na época conhecidos como Maçonaria Azul, foram os da ritualística norte americana. O segundo Supremo Conselho criado foi o de France, em 1804, quando também foi confeccionado o primeiro ritual dos graus simbólicos do Rito, o “Guide des Maçons Écossais”. Foi idealizado pelos maçons franceses, apelidados de “escoceses”, que fundaram nesse mesmo ano, 1804, uma nova Obediência Maçônica em Paris: a “Grande Loja Geral Escocesa”, mais uma Loja‐ Mãe do Rito Antigo Aceito, um modelo ritualístico recebido dos maçons integrantes da Grande Loja dos “Antigos” de Londres. A Grande Loja Geral Escocesa de Paris uniu particularidades do Rito Antigo Aceito, de origem operativa, praticado na Escócia, com a natureza hebraica do Rito de Perfeição e organizou um ritual para os graus ditos simbólicos do Rito Escocês Antigo e Aceito.

cyberjornal, 11 Março 2017

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!