Agatha Ruiz de la Prada em Cascais

AgataRuizdelaPradaCascaisEm breve os cascalenses e visitantes poderão apreciar alguns dos vestidos mais emblemáticos que marcaram a   carreira da estilista  Agatha Ruiz de la Prada, na Casa de Santa Maria, em Cascais.
A bonita casa de veraneio vai encher-se com a  cor, extravagância e criatividade, que marcam as peças de uma das mais conceituadas designers e estilistas do País vizinho, de 9 de julho a 9 de outubro.
 
 
 
 
 

Marcados pela cultura pop e fortes mudanças sociais e políticas, foi nos anos 80 que Agatha Ruiz de la Prada, com apenas 20 anos, começou a desenvolver o seu ideário criativo. Rodeada pelo vocabulário da pop art, Ruiz de la Prada testa a liberdade de experimentação que mais tarde a veio a caracterizar-se como uma referência no mundo da moda.

O seu traço é reconhecível nos quatro cantos do mundo pela maneira como articula cores, compõe formas e mescla materiais numa pesquisa constante e multifacetada. A transgressão das fronteiras e limites da moda criando o seu próprio universo artístico fez de Agatha Ruiz de la Prada uma estilista respeitada não só no mundo da moda e do design, mas também no mundo da arte. As suas roupas são peças únicas, obras de arte em si mesmas, criadas num estilo característico e inconfundível.

Cascais vai acolher parte do seu espólio numa exposição que mostra alguns dos  vestidos mais emblemáticos, oriundos de diferentes coleções e estações, que marcam a sua carreira. 

A exposição, que já passou por diferentes cidades da América Latina, teve de tal forma impacto que levou escritores como o nobel Mário Vargas Llosa a escrever sobre o universo particular da artista por ocasião da exposição realizada no Museu de Arte Contemporânea de Lima: "É um mundo jovem, alegre, livre, transgressor e imensamente criativo que, nascido em Espanha, tem conquistado prestígio em muitos pontos do globo”.

Agatha é reconhecida em todo o mundo através das suas mais de 100 patentes de acessórios de moda, peças de cerâmica, utensílios domésticos, livros, perfumes e material de papelaria e muitos outros produtos povoados pelos seus emblemáticos desenhos de corações, flores e representações sempre animados por cores vivas.

 

 

 

Fonte: site CMC

cyberjornal, 21 Junho 2016

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!