Cascais acolhe Festival Internacional de Cultura

TECDQuixoteTem hoje início o Festival Internacional de Cultura 2015 (FIC) que decorre em Cascais até 12 de Julho Celebrar os livros olhando-os a partir da poesia, da música, do teatro, das actividades em família, dos percursos temáticos, das artes plásticas e de outras disciplinas é o objectivo deste festival que tem por curadora a escritora Lídia Jorge. O evento é inédito e integra a programação do Bairro dos Museus. A entrada é gratuita.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Durante dez dias, a programação destaca debates entre escritores, muita música e teatro, assim como uma nova Feira do Livro de Cascais onde se pode encontrar os nomes mais marcantes da literatura portuguesa.

Este projecto do grupo editorial LeYa e da Câmara Municipal de Cascais que promove o encontro entre o grande público e o melhor da Cultura, trata-se segundo os promotores, de um evento único em Portugal, com várias actividades culturais que partem da literatura e marcam presença em diversos locais da Vila para chegar a todas as pessoas.

Será também uma oportunidade do grande público privar com escritores, artistas e outras personalidades que marcam presença no festival.

António Lobo Antunes, entrevistado pelo irmão João Lobo Antunes, e a presença do escritor israelita David Grossman são alguns destaques da programação.

Maria Teresa Horta, Mia Couto, Jaime Nogueira Pinto, Francisco Louçã, Rita Ferro, Maria Rueff, José Eduardo Agualusa são outros nomes que irão estar presentes no FIC.

Encenada por Carlos Avilez, director do Teatro Experimental de Cascais, a leitura da peça "Dom Quixote de La Mancha",  que sobe hoje, às 21.30 h., ao palco do Centro Cultural de Cascais, será um momento alto do evento que assinalará o cinquentenário das Publicações Dom Quixote. 

Serão dez dias intensos de experiências culturais, onde se festeja a literatura e a cultura através de debates sobre literatura e atualidade, que envolverão criadores e outros líderes de opinião, e um programa de música diverso que chamará a Cascais músicos representantes de diferentes géneros.

 

HOMENAGEM A ANRIQUE PAÇO D'ARCOS

4 e 11 de julho | 16h00 - 19h00

Biblioteca Casa da Horta da Quinta de Santa Clara

Iniciativa que celebra o escritor Anrique Paço D’Arcos (1906-1993) com uma programação que inclui conferências, mesas redondas e um recital.

Participação de José Pedro Paço d'Arcos e Ângela Santos, José Miguel Júdice, Isabel Corrêa da Silva e Fernando Pinto do Amaral,José Carlos Seabra Pereira, António Cândido Franco, José Rui Teixeira e Nuno Júdice, António Caldeira Pires e Rosinda Carvalho.

DEBATES

4 a 12 de Julho

ESCRITORES EM DIÁLOGO


4 a 6 de julho

MÚSICA

José Cid
7 de julho
Casino do Estoril

Dubliners and else - noite de música e poesia irlandesa

8 de julho |  22h30

Museu Castro Guimarães

Sessão de poesia irlandesa dita e cantada no Museu Castro Guimarães.

Seleção de poemas por Hugo Pinto Santos, ditos por Renato Filipe Cardoso. A poesia da Ilha Esmeralda na música dos The Loafing Heroes, a banda onde actua o escritor João Tordo.

Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras

9 de julho | 21h30

Auditório do Centro Cultural de Cascais

A. VIVALDI, Concerto para cordas em Lá Maior

G. Ph. TELEMANN, Suite “Dom Quixote”

G. Fr. HÄNDEL, Concerto Grosso N.º 1 em Sol Maior para cordas

Direção musical: Nikolay Lalov

Concerto de Gisela João

10 de julho | 22h00

Cidadela

POESIA

Teresa Gentil - poesia e outras sombras

11 de Julho | 22h30

Museu Castro Guimarães

Poemas de Natália Correia, Eugénio de Andrade, Fernando Pessoa, Craveirinha, José Saramago, outras e outros autores e autoras da lusofonia, ecoam em música composta e interpretada por um quarteto liderado pela compositora Teresa Gentil. A homenagem à poesia portuguesa fica completa com a declamação de poetas de hoje como Manuel Alegre, Nuno Júdice, Fernando Pinto do Amaral, Maria Teresa Horta, João Melo, Conceição Lima, Mia Couto, Ondjaki, alguns dos quais nos honrarão com a sua presença nesta noite.

TEATRO

Leitura encenada "Dom Quixote de La Mancha"

De Yves Jamiaque, baseado na obra de Miguel de Cervantes

Pelo Teatro Experimental de Cascais

Encenação: Carlos Avilez

3 de julho |  21h30

Centro Cultural de Cascais

Numa homenagem do TEC ao cinquentenário das Publicações Dom Quixote que, tal como a prestigiada companhia de Cascais, nasceu em 1965, esta leitura encenada abre a programação do FIC. “Dom Quixote”, do dramaturgo francês Yves Jamiaque (Prémio Ibsen) baseado na obra de Cervantes, foi encenado por Carlos Avilez em 1967 num belo cenário do pintor João Vieira, e constituiu, não só pela beleza do texto como pela encenação e interpretação de grandes actores portugueses, um marco importante nos 50 anos do Teatro Experimental de Cascais, obtendo os maiores prémios atribuídos em Portugal naquele ano. Também o ator Santos Manuel, entretanto desaparecido, que interpretou D. Quixote, obteve o primeiro prémio de interpretação do Festival de Teatro Latino, em Barcelona.

“Peer Gynt”, de Henryk Ibsen, pelo Teatro Experimental de Cascais

Estreia: 10 de julho |  21h30

Teatro Mirita Casimiro

Encenação: Carlos Avilez

EXPOSIÇÕES

CIBA – Cascais International Book Art - Exposição de Livros de Artista

Saiba mais AQUI
26 de junho a 12 de julho

Casa de Santa Maria

Papéis Marmoreados, Exposição de Pintura de Antonio Vélez Celemín

6 de junho a 12 de julho

Casa de Santa Maria

World Press Cartoon


1 de julho

Museu do Cartoon

Espetáculo de Entrega dos Prémios World Press Cartoon - 11 de julho, 21h30, Centro Cultural de Cascais

Inauguração da exposição “Figurinos de Dom Quixote de La Mancha”

3 de julho
Centro Cultural de Cascais

Organização: Teatro Experimental de Cascais

DANÇA

Danças na rua

3 e 10 de julho | 21h30

Largo Cidade de Vitória

Apresentação de diferentes grupos de dança, todas as sextas feiras do FIC

FEIRA

Feira do livro

3 a 12 de julho

Jardim Visconde da Luz

Realizada no coração de Cascais, a Feira do Livro do FIC contará com pavilhões de grandes dimensões onde os visitantes poderão encontrar edições das principais editoras nacionais, num espaço onde não faltarão os escritores em sessões de autógrafos, animação infantil e música ao vivo.

ESPETÁCULO MULTIMÉDIA

A Rota das Quimeras - um Livro Luminoso

7 a 12 de julho |  21h30-00h30

Centro Histórico de Cascais

ANIMAÇÃO INFANTIL

Jardim dos Livros

4, 5, 11 e 12 de julho | 10h00-19h00

Parque Marechal Carmona

Um dos mais belos espaços verdes de Cascais vai receber dezenas de actividades para os mais pequenos e para as suas famílias. Desde horas do conto com os principais escritores de literatura infantil a workshops de ilustração, passando pelo já famoso Trocado por miúdos, o mercadinho do livro infantil em que os mais jovens trocam os seus livros usados, rally papers didáticos em busca das personagens da literatura infantil, o Mercado Biológico e divertidos passeios de burro. Para ver e viver nos fins-de-semana do FIC.

GASTRONOMIA

Sabor Cascais, by Boa Cama Boa Mesa


4 a 12 de julho

Mercado da Vila

ROTEIROS CULTURAIS

Rota Escritores em Cascais

5 de julho | 10h00
Visita guiada
Ponto de Encontro: Jardim Visconde da Luz

Marcações: 214 815 341/45

ARTES DE RUA

MURALIZA – Seis artistas para seis paredes

Diariamente, vários locais de Cascais

O Festival de Arte Mural, já célebre em Portugal, apresenta este ano trabalhos de importantes artistas contemporâneos, portugueses e estrangeiros, cuja execução poderá ser vista durante o FIC. Haverá visitas guiadas durante o trabalho dos artistas e workshops.

Músicas na rua

Noites do FIC | Centro histórico

As ruas do centro histórico serão animadas com música interpretada por artistas de diferentes estilos musicais, em vários palcos de rua.

ANIMAÇÃO DE PRAIA

Bibliotecas de Praia, Oficinas de ilustração com areia e Contadores de histórias são algumas das animações que, por estes dias, se vai poder encontrar no paredão que liga Cascais ao Tamariz e também no areal.

3 a 5 e 9 a 12 de julho

Informação: A  reserva  do Bilhete convite deve ser feito para o e-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. ., com indicação do nome  nº. de lugares pretendido e nº. de contato telefónico(facultativo).


O levantamento do bilhete convite deve ser feito entre 1 hora até 30m antes do inicio do debate ou entrevista ( o bilhete convite ficará disponível para o  publico em geral se não for levantado dentro do horário referido)

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: CMC

 

 

cyberjornal, 3 Julho 2015

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!