Opereta do Gil Vicente recordada no Espaço Memória TEC

TECAmalia6Um convívio com visionamento de uma reportagem efectuada em 1978, pela RTP, no Teatro Gil Vicente, em Cascais, marca amanhã, dia 10 de Junho, o encerramento da exposição sobre Amália Rodrigues “Celebrar Amália”, patente no Espaço Memória do Teatro Experimental de Cascais.

O filme que vai ser projectado, mostra a Opereta representada também em 1978, pelo Gupo Cénico da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cascais, intitulada “Nossa Senhora dos Navegantes”, que já anteriormente (1944 e 1953) havia subido àquele palco, apresentada por outros dos grupos cénicos da AHBVC.

Para animar o convívio e falar sobre o filme exibido, foram convidados o presidente da direcção da AHBVC, Rui Rama da Silva, o historiador José d'Encarnação e um dos autores do livro “Teatros de Cascais”, Manuel Eugénio Silva. Participam também do debate os directores do Teatro Experimental de Cascais, Carlos Avilez e do Espao Memória, João Vasco.

De realçar que a próxima exposição que será mostrada naquele espaço, a partir de 7 de Julho, será sobre o saudoso João Aguardela, rosto do Grupo Rock Os Sitiados.

 

 

 

 

cyberjornal, 9 Junho 2018

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!