Algarve duplica alojamentos com bandeira verde

AlgarveVila Gale AlbacoraO programa Green Key, um galardão internacional que promove o Turismo Sustentável em Portugal através do reconhecimento de estabelecimentos turísticos, alojamento local, parques de campismo e restaurantes que implementam boas práticas ambientais e sociais, acaba de distinguir 10 unidades de alojamento no Algarve, o dobro das unidades galardoadas em 2017.

A cerimónia de entrega dos diplomas decorreu dia 7 de Junho, em Lisboa.

A Associação Bandeira Azul da Europa, que coordena o programa nacional, atribuiu este ano os galardões Green Key aos seguintes estabelecimentos turísticos algarvios pela sua boa conduta ambiental: hotel Conrad Algarve, na Quinta do Lago (Almancil, Loulé); hotel Hilton Vilamoura As Cascatas Golf Resort & Spa, em Vilamoura; Pine Cliffs Hotel, em Albufeira; hotel Vila Galé Albacora, em Tavira; Aqua Pedra dos Bicos Design Beach Hotel, em Albufeira; Vale D’El Rei Hotel & Villas, em Lagoa; Velamar Boutique Hotel, em Albufeira; Casa Vale da Lama, unidade de agroturismo em Odiáxere (Lagos); hostel Casa Biota – Este, em Sagres (Vila do Bispo); Casa Biota – Oeste, unidade de alojamento local em Sagres (Vila do Bispo).

O presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA), Desidério Silva, parabeniza as unidades de alojamento nomeadas, e reforça a importância do turismo sustentável no território algarvio: «É com grande satisfação que dou os parabéns a todos estes alojamentos, que muito trabalharam para conseguir este galardão. Eis mais uma prova de que o Algarve ruma em direção ao Turismo Sustentável, tendo sempre como foco os benefícios sociais, económicos e ambientais. É muito importante continuarmos neste caminho, pois só assim poderemos ser considerados um destino de referência turística nível internacional».

O programa «Green Key» tem como principais objetivos a consciencialização para a adoção de práticas e comportamentos sustentáveis, a redução do impacto ambiental nas atividades comerciais e a promoção da redução e eficácia no consumo dos recursos naturais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

cyberjornal, 7 Junho 2018

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!