Livros apresentados em março 2014

Livros editados, reeditados ou apresentados durante o mês de Março 2014, de: Amadeu Baptista, Aldina Soares, Ana Cristina, António Gaspar, Joaquina Soares, Júlio Mira, Lara Salgueiro, Maria Pilar Queralt del Hierro, Miguel Graça, Narciso Serra,

 

 Amadeu Baptista

 

livAmadeuBatista

 

 

Ana Cristina

 

A Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, Amadora,  pelas 15 h, acolhe o lançamento do livro “Esboço de um sonho”, de Ana Cristina Gomes, editado pela Poesia Fã Clube.

 

Entrada livre.

 

António Torrado e Aldina Gaspar

 

António Torrado e Aldina Gaspar vão estar presentes em Elvas, para apresentar a sua coleção de livros “VER e LER”, direcionada ao público infantil. A sessão é dirigida a pais dos alunos dos Agrupamentos de Escolas do Concelho de Elvas, Professores e público em geral.

 Esta atividade realiza-se no âmbito do mês da leitura e tem lugar no dia 17 de Março (Segunda-Feira), pelas 18 horas,  na Sala polivalente da Biblioteca Municipal.

 

Mais detalhes: http://www.cyberjornal.net/index.php?option=com_content&view=article&id=324:ver-e-ler-em-elvas&catid=19&Itemid=30

 

 

Joaquina Soares

 

 

Lançamento do livro de Joaquina Soares "Transformações sociais durante o III milénio AC no Sul de Portugal. O povoado do Porto das Carretas", 20 março. 22 Março "Setúbal Arqueológica Vol. 15/II Encontro de Arqueologia da Arrábida". A apresentação, a cargo de Vítor S. Gonçalves,  decorre no Anfiteatro IV, da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

 

 

 

 Júlio Mira

A Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, em Venteira, Amadora, será o palco da sessão de apresentação do livro de poesia “Maresias” de Júlio Mira, no próximo dia 21 de março, pelas 18 horas.

 
.Entrada livre.

Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos

Av. Conde Castro Guimarães – Venteira

 

notici detalhada: http://www.cyberjornal.net/index.php?option=com_content&view=article&id=325:maresias-de-julio-mira&catid=19&Itemid=30

 

Lara Salgueiro

 

A Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, em Amadora, dia 8 de Março, às 11 horas, será o palco do lançamento da obra “Ser amigo não é difícil”, da autoria de uma jovem de 11 anos, Lara Salgueiro,  publicado pela editora Vieira da Silva.

 

Entrada livre.

 

 

Maria Pilar del Hierro

 

A escritora espanhola Maria Pilar Queralt del Hierro apresenta o seu mais recente livro, “As Mulheres do Marquês de Pombal”, em Oeiras. A sessão de lançamento desta obra, editada pela Esfera dos Livros, tem lugar no dia 10 de março, segunda-feira, às 18.30, no Salão Nobre do Palácio Marquês de Pombal. A sessão de abertura é realizada pela Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Oeiras, Marlene Rodrigues.

 

Trata-se de um livro de divulgação histórica, que aborda a história das mulheres que, de uma forma ou de outra, estiveram presentes na vida do marquês de Pombal, umas pelos laços de sangue, como a mãe, outras pela via dos afetos, as duas esposas, e outras ainda que foram responsáveis quer pela sua ascensão, a Rainha Maria Ana de Áustria, ou pela sua queda, a Rainha D. Maria I.

 

MARÍA PILAR QUERALT DEL HIERRO é autora de Eu, Leonor Teles, Memórias da Rainha Santa e As Mulheres de D. Manuel I publicados com grande sucesso pela Esfera dos Livros. Nascida em Barcelona, Espanha, editou em 1984, Balaguer, uma biografia do poeta e político catalão sobre o qual incidiu a sua tese de licenciatura. Este livro significou o início de uma carreira dedicada ao romance biográfico de personagens históricas como Fernando VII, que retratou noslivros La Vida y la Época de Fernando VII (1997) e Los Espejos de Fernando VII (2001). Em 1995, publicou o seu primeiro volume de relatos, Cita en azul, uma obra que a crítica espanhola qualificou de «obra-prima absolutamente recomendável». María Pilar Queralt del Hierro licenciou-se em História Moderna e Contemporânea pela Universidade Autónoma de Barcelona. Foi professora de História da Espanha Contemporânea, na Faculdade de Ciências da Informação da Universidade Autónoma de Barcelona. Colabora com a revista Historia y Vida, desde 1974. Escreve artigos para outras publicações, como a edição espanhola da National Geographic e realiza numerosos trabalhos em obras coletivas sobre temas de arte, cultura e história contemporânea.

 

SINOPSE

 

Por detrás de um grande homem de Estado como Sebastião José de Carvalho e Melo não está uma grande mulher, mas sim várias. Umas unidas por laços de sangue, como a sua mãe Maria Teresa Luiza de Mendonça e Melo, outras por laços afetivos como as suas duas esposas. A primeira, dez anos mais velha que o jovem Sebastião, foi a viúva Teresa de Mendonça e Almada. O namoro não foi bem aceite, mas Sebastião José não hesitou, raptou a noiva e casou em segredo, escandalizando tudo e todos. Amor ou ambição por um casamento com uma mulher de uma classe superior à sua? O casamento foi curto, a mulher morreu de doença enquanto o jovem ascendia na carreira diplomática. Primeiro Londres, depois Viena. Foi aqui que conheceu a sua segunda mulher, companheira de uma vida e mãe dos seus quatro filhos, Maria Leonor Ernestina Daun. Mas Sebastião José era um homem inteligente, frio, mais dado às suas ambições políticas que às artes do coração. Há uma mulher que fica na história como a grande protetora e responsável pela sua ascensão ao poder: a rainha Maria Ana de Áustria que o colocou ao lado de D. João V e depois do filho D. José I. Mas também foram as mulheres as responsáveis pela sua queda. O seu confronto com a Marquesa de Távora, D. Leonor, o processo sangrento daquela família e o desafeto de D. Maria I por este homem levaram-no à desgraça. A autora bestseller María Pilar Queralt del Hierro traz-nos a história destas mulheres que, de uma forma ou de outra, estiveram presentes na vida do Marquês de Pombal, o estadista ilustrado que soube fazer com que Lisboa renascesse das cinzas em 1755. Viajamos pela sua escrita através do século XVIII, pelos palácios reais, pelas intrigas da corte, pelos salões onde se reuniam escritores, artistas, políticos unidos pelos ventos do Iluminismo, é aqui neste ambiente que conhecemos Teresa Margarida da Silva ou Leonor de Almeida Lorena, Marquesa de Alorna.

 

 

Miguel Graça

 

É apresentado no  dia 26 de Março, quarta-feira, às 19 horas, o livro ICTUS de Miguel Graça. O lançamento ocorre  no foyer do Auditório Municipal Mirita Casimiro, no Monte Estoril, cabendo a tarefa de comentar a obra ao encenador Carlos Avilez e à actriz Beatriz Batarda. Esta obra é também a base da peça que será estreada dia 27 de março, Dia Mundial do Teatro, no mesmo auditório. A peça será produzida pelo Teatro Experimental de Cascais e levada à cena por Carlos Avilez.

 

 

Narciso Serra

Decorre dia 9 de Março, às 16 horas, a apresentação do livro ““Mosteiro de S. Fins de Friestas o Paradigma de um Património Classificado”, do historiador valenciano Narciso Serra, domingo. A cerimónia terá lugar no Arquivo Municipal, em Valença.

 

Mais detalhes: http://www.cyberjornal.net/index.php?option=com_content&view=article&id=309:mosteiro-de-s-fins-de-friestas-em-livro&catid=19&Itemid=30

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!