Adeus Peter O'Toole

PeterOToolerepVítima de doença prolongada, morreu Peter O'Toole, aos 81 anos de idade, no hospital Wellington, em Londres. O conhecido ator irlandês que se havia retirado de cena no ano passado, imortalizou-se em mais de uma centena de filmes e protagonizou com enorme êxito, inúmeras peças de teatro. Por estrear ficou o filme «Katherine of Alexandria», que deverá ser exibido só em 2014.

(Peter O'Toole no Restaurante O Pescador, em Cascais, com amigos, em 1995, aquando das filmagens das Aventuras de Gulliver, série em que participou)PeterOToolePescadorpp

 

Peter Seamus O'Toole queria ser jornalista, tendo chegado a estagiar num jornal, mas aos 20 anos, conseguiu uma bolsa de estudos na Royal Academy of Dramatic Art, em Londres, tornando-se ator de teatro. 

Ganhou protagonismo mundial pelas mãos de David Lean ao protagonizar (1962) «Lawrence de Arabia», junto a Alec Guinness, Anthony Quinn, Jack Hawkins, Claude Rains, José Ferrer, Anthony Quayle y Omar Sharif.

Outros títulos como «Lord Jim», «Adeus Mr. Chips», «Becket», «O Leão no Inverno», “O Último Imperador”, “A Noite dos Generais”, “ Troia", "Venus ” ou “O Fugitivo”, mereceram-lhe oito nomeações para o Óscar de Melhor Ator, que nunca chegou a ganhar, mas em 2003 foi agraciado com um Óscar honorário pela sua carreira. O seu trabalho foi ainda reconhecido com quatro Globos de Ouro, um BAFTA e um Emmy.
O ator, que esteve várias vezes em Portugal, deixa duas filhas e um filho, nomeadamente, Patricia e Kate O'Toole, fruto do casamento com a atriz Siân Phillips, e Lorcan O'Toole, da sua relação com Karen Brown.

 

 

Cyberjornal, 15 dezembro 2013

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!