Azambuja em parceria com Câmara Luso-Saudita

Azambujasaudita15A Câmara Municipal de Azambuja iniciou, na passada semana, uma parceria com a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Saudita (CCILS) e logo com a visita de um grande empresário oriundo da Arábia Saudita. Esta primeira iniciativa, organizada pela autarquia e pelo Business Council daquela câmara, pretende ser apenas o lançamento de uma colaboração regular, estreita e profícua para todas as partes.

 

 

 

 

 

 

 

 

A deslocação ao Concelho de Azambuja proporcionou o conhecimento de algumas potencialidades locais e o contacto com eventuais futuros parceiros de negócios. Após as boas-vindas do Presidente do Município – Luís de Sousa – no salão nobre municipal, a visita iniciou-se pela Coudelaria Henrique Abecasis (Quinta do Pilar – Aveiras de Baixo) com enfoque na criação de cavalos e no turismo equestre. Seguiu-se a observação do grande projeto de plantação de olival na área das freguesias de Manique do Intendente e Alcoentre (“Quinta do Convento”) muito interessante para um grande consumidor de azeite como é o mercado árabe. Por fim, visita às instalações e processo de produção de fruta cristalizada e sumo de laranja natural da empresa Frutalcarmo (Alcoentre) que, na sua estratégia de crescimento, “espreita” uma oportunidade de internacionalização.

A comitiva foi composta pelo presidente da CCILS, Rodrigo Ryder, acompanhado pela sua vice-presidente e pelo chefe de operações, Ana Ribeiro e Rui Ribeiro respetivamente, além do Sr. Riyahd que se fez acompanhar pela família. Trata-se de um engenheiro civil de formação mas, sobretudo, de um dos maiores industriais da Arábia Saudita, líder de um grupo de cerca de 30 empresas. Os ramos de atividade passam pela construção e pela energia, mas assumem maior protagonismo os empreendimentos e a atividade turística bem como o setor agro-alimentar. Refira-se que este grupo empresarial movimenta anualmente mais de 5 biliões de dólares.

De referir que a parceria iniciada com esta visita enquadra-se no programa “Construir o futuro em torno da inovação”, em implementação pelo Município de Azambuja. Recorde-se que se trata de um programa que visa estimular a atividade económica neste concelho através da inovação e do empreendedorismo. Uma das peças do projeto será a dinamização de um núcleo de empresas “start-up”, com diversos apoios a jovens empreendedores, do qual haverá novidades nos próximos meses.

 

 

 


CMA/cyberjornal, 6 Agosto 2015

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!