Breves, 3 Maio 2018

Amadora

De 3 de maio a 3 de junho, os Recreios da Amadora são o palco da XIX Mostra de Teatro das Escolas.

Durante a mostra, vão ser representadas peças de teatro protagonizadas por alunos de diferentes estabelecimentos e graus de ensino da cidade.

A entrada é livre, mediante levantamento de ingresso na bilheteira e limitada à lotação da sala.

 

 

Pelas 18.30 h, a Biblioteca Municipal Fernando Piteira Santos, Amadora promove mais uma iniciativa no âmbito do Ciclo "Temas da Vida".

Desta vez, a conversa é com o escritor Jacinto Lucas Pires, sob a temática "Pós-revolucionar é preciso?". A moderação estará a cargo de Nuno Ramos de Almeida, jornalista e redator principal do jornal "I".

Entrada livre.

 

 

Lisboa

A apresentação do livro “As pescas em Portugal”, de Álvaro Garrido, decorre dia 3 de Maio (5ª feira), às 18.30 h., no Oceanário de Lisboa.
O evento contará com a intervenção do autor e com o debate entre Eurico Monteiro, ex-director-geral das Pescas, e Viriato Soromenho Marques, professor da FLUL, moderado por Tiago Pitta e Cunha, especialista em assuntos do mar e CEO da Fundação Oceano Azul

 

 

Portalegre

A Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre acolhe, nos dias 2 e 3 de maio, entre as 10h e as 14h, rastreios às doenças sexualmente transmissíveis (DST). O objetivo é obter dados relativos à prevalência de quatro microrganismos responsáveis por DST em Portugal continental.

A participação neste estudo, promovido pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), é anónima e gratuita. Para participar, os interessados terão apenas de dar o seu consentimento, preencher um inquérito e fornecer uma amostra de urina. Os participantes podem solicitar o acesso aos seus resultados.

 

 

São Martinho de Anta, Sabrosa

Tem hoje início o Festival Literário Douro, que decorre no Espaço Miguel Torga, em São Martinho de Anta. Pelas 18 horas, Conferência de Abertura. O evento é organizado pela Câmara Municipal de Sabrosa e Espaço Miguel Torga..

 

 

 

Madeira

Funchal

A Associação Portuguesa de Intervenção Cardiovascular (APIC) vai realizar em maio um conjunto de aulas abertas nas universidades seniores portuguesas para aumentar a consciencialização para a estenose aórtica, uma doença que afeta maioritariamente pessoas acima dos 70 anos. Esta iniciativa insere-se na campanha “Corações de Amanhã”, que conta com o Alto Patrocínio da Presidência da República.

A estenose aórtica é uma doença que se carateriza pelo estreitamento da válvula aórtica, impedindo o correto fluxo sanguíneo para fora do coração. Frequentemente os sintomas desta doença (cansaço, dor no peito e desmaios) são desvalorizados pelas famílias portuguesas e o diagnóstico acaba por ser adiado, o que pode até ser fatal. A deteção atempada da estenose aórtica reduz as admissões hospitalares e representa tempo e qualidade de vida ganhos.

Hoje, realiza-se uma aula no âmbito desta campanha, às 10 horas, na Junta de Freguesia Santa Maria Maior, Funchal

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!