Criminalidade diminuiu no concelho de Évora

EvoraSeguranca015O Conselho Municipal de Segurança de Évora reuniu no dia 17 de Março, nos Paços do Concelho, para avaliar o trabalho desenvolvido, sendo o balanço positivo, nomeadamente no que se refere à diminuição da criminalidade no concelho. A reunião foi presidida pelo vereador João Rodrigues, em substituição do Presidente do Município, realizando-se a próxima no dia 16 de Junho, pelas 18 horas, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

 

 

 

 

 

 

 

 

EvoraSeguranca2015Na sua intervenção, o vereador informou que o Regulamento da Comissão Municipal de Transito e a sua constituição estão na fase final, seguindo depois para deliberação em reunião de Câmara e de Assembleia Municipal.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) efetuou o balanço do ano de 2014 em que salientou a descida da criminalidade no concelho. Referiu ainda que todo o efetivo operacional de patrulhamento se centralizou no posto de Évora procurando rentabilizar o pessoal e ter uma melhor ação de intervenção, nomeadamente no patrulhamento de todas as freguesias da sua área de intervenção. Contribuiu também para os bons resultados a grande interligação existente entre a GNR e os presidentes de Junta de Freguesia. Informou ainda sobre a alteração do fardamento dos militares afetos ao patrulhamento desde o dia 9 de Março.

EvoraSeguranca2015MarcoA Policia de Segurança Publica (PSP) apresentou o balanço dos primeiros dois meses de 2015 em que deu conta que, de uma forma geral, a criminalidade tem seguido a tendência de queda comparando com o período homólogo de 2014. A única área que teve uma ligeira subida neste período foi a da detenção por tráfico de estupefacientes.

O Serviço Municipal de Proteção Civil e Segurança (SMPC) deu conta das principais atividades realizadas no concelho em 2014, tendo sido registadas 2551 ocorrências, comunicadas diretamente ao SMPC e destinadas a todos os serviços municipais, das quais se salientam 13 incêndios urbanos com maior gravidade. Ao longo do ano de 2015, foram emitidos 58 avisos (amarelos e laranja) com medidas de autoproteção para a população, referentes a situações de meteorologia adversas, em que valeu a pronta resposta dos Bombeiros e do Município para minimizar-se os seus efeitos. Foram ainda recolhidos 58 equídeos que ofereciam perigo para os utilizadores da via pública, numa colaboração conjunta entre os serviços municipais, a GNR e a PSP.

Várias questões de segurança foram colocadas pelos membros Conselho Municipal, tendo sido respondidas pela GNR, PSP e Autarquia, conforme a área de atuação. Salienta-se, nomeadamente, a necessidade de tomada de medidas mais efetivas para resolução de problemas causados por membros da população nómada. Sendo reconhecidas dificuldades a este nível, as três entidades (Autarquia, GNR e PSP) informaram que estão atentas e a acompanhar a situação de perto e o vereador João Rodrigues sublinhou que a Câmara está a desenvolver trabalho na procura de soluções.

 

 

 


CME/cyberjornal, 23 Março 2015

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!