Habitação Jovem em Oeiras

OeirasCM14 2

No próximo dia 26 de Fevereiro, às 15 h, a Câmara Municipal de Oeiras procede ao sorteio de dez casas no âmbito do Programa Habitação Jovem nos Centros Históricos. O sorteio vai decorrer  no Departamento de Habitação  Reabilitação Urbana.

No âmbito deste sorteio, serão atribuídos oito fogos na Rua Costa Pinto Nº 196, em Paço de Arcos com tipologias entre o T0 e o T2 e dois fogos na Rua da Costa Nº 9, em Oeiras com tipologias T0 e T1 .

Os interessados em integrar este programa e ter a possibilidade de beneficiar de uma das habitações disponíveis, tiveram  de proceder antecipasamente à sua inscrição, respondendo a um questionário disponibilizado pela autarquia.

O mesmo deverão fazer oe que pretendam candidatar-se a futuras habitações disponíveis.

O questionário, depois de preenchido e assinado, pode ser entregue pessoalmente nos gabinetes de atendimento do Município ou ser enviado por correio ou, ainda, por correio eletrónico, para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. .

Refira-se que o Programa Habitação Jovem nos Centros Históricos, integrado no Plano Estratégico Habitar Oeiras, visa fomentar a construção de habitação de forma a permitir e incentivar a fixação de jovens e contrariar a tendência de envelhecimento que se tem vindo a verificar no concelho.

Recomenda-se a leitura das condições gerais do programa “Habitação Jovem nos Centros Históricos”, nomeadamente o que diz respeito aos critérios de admissão. As condições gerais podem ser consultadas no site institucional da CMO em: http://www.cm-oeiras.pt/noticias/Documents/Condicoes_Gerais.pdf

Pretende-se dotar o município de um parque edificado com fogos de tipologias pequenas (T0, T1 e T2) com vista ao seu posterior arrendamento a jovens com idades até os 35 anos, garantindo-se deste modo a rotatividade e permanência de uma nova população nestes núcleos urbanos.

Como meta estima-se que até 2020 a autarquia promova a edificação/recuperação de cerca de 300 fogos na área dos Centros Históricos.

Até ao momento foram adquiridos 21 edifícios nos Núcleos Históricos de Oeiras, Paço de Arcos, Carnaxide, Dafundo e Barcarena que irão permitir a criação de 125 novos fogos. Destes edifícios, quatro já foram intervencionados, dando origem a 16 fogos, e dois encontram-se em obra.

O valor de investimento neste programa, entre aquisições e obras realizadas, ascende aos € 6.507.478,00.

 

 

 

 

CMO/cyberjornal, 23 Fevereiro 2015

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!