Nem sempre a ganância é rainha!

000Por: José d’Encarnação

Claro, o pobre desconfia sempre quando a esmola é grande. Mas regozija-se enquanto a esmola existir!

Assim, os utentes do Centro de Distribuição Postal de Cascais (Pampilheira) e da respectiva loja dos CTT, do Hospital CUF Cascais, do Centro de Inspecções Automóveis, das várias oficinas mecânicas e de um centro de artes marciais por a Mobi Cascais ter transformado um terreno abandonado, na Rua Fernão Lopes, em mui agradável parque de estacionamento de acesso livre. Congratulamo-nos! E nunca será de mais congratularmo-nos!

Há na mesma rua – mas sem acesso por ela – um outro parque, dito «informal», poeirento, que incomoda grandemente os vizinhos, e tem-se a secreta esperança, primeiro, que venha a fazer-se o acesso pela Rua Fernão Lopes e, segundo, que o piso se torne menos… poeirento.

 

 

E… a ganância, amigo, não queria falar de ganância?

É verdade, ia-me esquecendo! Queria só ficar com as coisas boas…

Essa diz respeito a uma atitude completamente oposta: na Estrada do Guincho (a Nacional 247, que, ao que parece, terá passado para a dependência da Câmara), junto a uma assaz apreciada zona de lazer, aonde os munícipes vão para tomar um café, para almoçar ou, simplesmente, para, numa leitura, sorverem a longos haustos os bons ares do mar ou, até, para fazerem umas compritas nas agradáveis lojas que lá há – estou a falar, entende-se, da Costa da Guia, sobre a falésia… – decidiu a empresa municipal Mobi Cascais, decerto com a complacência de todas as forças políticas (não dei conta, mas posso estar distraído, de que alguma tenha protestado…), decidiu pôr… parquímetros!

Não lembrava ao Diabo, que tem ali bem perto a sua Boca do Inferno e o restaurante que antigamente dava pelo nome de Casa do Diabo, nem aos mortos que repousam um pouco mais acima no cemitério, não lhes lembraria plantar ali parquímetros. Pois à empresa municipal, pobrezinha como está, alembrou angariar ali umas moedinhas…

Claro: a intenção é óptima! Está ao lado a tenda de aluguer das bicas. É de aproveitar! Mais saudável em todos os aspectos, pois então! Vai uma pedalada?

 

 

 

 

cyberjornal, 20 março 2019

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!