300 Farmácias de Serviço aos incêndios esta noite

farmacia

 

A rede de farmácias vai continuar a alargar a sua disponibilidade em resposta à tragédia dos incêndios.

Esta noite vão ficar pelo menos 300 farmácias de serviço na Região Centro, conforme lista inclusa.

Para além destas, há 45 farmácias sobre as quais não é possível informar quanto à sua disponibilidade, por dificuldades de comunicações.

 

 

 

 

 

 

A inoperacionalidade de redes de comunicações, dados e de energia eléctrica são neste momento os factores de maior constrangimento à prestação de serviços farmacêuticos (consulte também em anexo a lista de farmácias sem comunicações).

O número de farmácias incomunicáveis está a registar uma evolução positiva: 87 farmácias estiveram ontem nessa situação.

A Farmácia da Lajeosa do Dão, no concelho de Tondela, retomou hoje a sua actividade nas instalações da junta de freguesia.

A outra farmácia que ardeu nos incêndios – Farmácia Central, em Melo, concelho de Gouveia – retoma amanhã o seu serviço, também nas instalações da junta de freguesia.

A Associação Nacional das Farmácias expressa solidariedade e profunda admiração aos profissionais de farmácia que estão a viver este drama, bem como a todos os profissionais de saúde e protecção civil no terreno.

A ANF mantém activo o seu plano de emergência, em articulação com os grossistas, a indústria farmacêutica, o Ministério da Saúde, a Autoridade Nacional de Protecção Civil e as empresas de telecomunicações.

Para conhecer a lista de farmácias: 

https://www.dn.pt/DNMultimedia/DOCS+PDFS/FARM%C3%81CIAS%20DE%20SERVI%C3%87O%20AOS%20INC%C3%8ANDIOS.pdf

cyberjornal, 17 outubro 2017

Para inserir um comentário você precisa estar cadastrado!